Pantanera com Gevenalle hidráulico




Quando se tem em casa uma road focada em máxima performance e uma mountain bike para as trilhas, qual a bicicleta ideal para usar regularmente em todas as outras situações? Pensando nisso o Alberto entrou em contato interessado na Pantanera: uma bicicleta versátil para quando o caminho é incerto, confortável para as longas distâncias, pronta para "aquela viagem que sempre se planeja, mas que nunca dá tempo, e sobretudo para se ter para sempre", aspas dele.

Customizamos a geometria da Pantanera do Alberto de acordo o seu bike fit e as suas preferências, aumentando o conforto e a capacidade de carga. Aproximamos o guidão do selim e diminuímos a diferença de altura entre eles; a altura do central em relação ao solo foi ajustada equilibrando bom clearance e estabilidade; e o comprimento da traseira foi aumentado para uso de alforges maiores.


Para a montagem, optamos pela simplicidade da relação de coroa única e a capacidade do câmbio de mountain bike, usando o pedivela Shimano GRX, trocadores hidráulicos Gevenalle, câmbio Shimano Deore XT de 11 velocidades e freios TRP. As rodas são Vzan Slope e pneus Schwalbe G-One 700x38. As bolsas usadas nas fotos são feitas pela Afora, marca brasileira de bolsas artesanais.


Para finalizar, que se virem os holofotes para mais essa obra de arte feita pelo Mãos de Graxa, com a pintura de efeito marmorizado e acabamento em verniz candy.

163 visualizações